Redução de custos: 5 custos que sua empresa deve cortar agora

5-custos-empresa-cortar

O lucro é uma equação universal: Receita total – Custo total. Enquanto muitas empresas focam em aumentar suas receitas para maximizá-lo, a chave dessa operação pode estar do outro lado da equação: na redução de custos. 

 

Uma empresa bem gerida e que pensa em se manter competitiva no mercado precisa ficar atenta aos seus custos de operação.

 

Por isso, vamos falar sobre 5 custos que a sua empresa precisa cortar o quanto antes para melhorar o caixa. 

1. Funcionários ociosos

A primeira dica para redução de custos na empresa é o corte de funcionários ociosos em departamentos que poderiam ser terceirizados.

 

A terceirização de algumas atividades – como contabilidade e serviços jurídicos, por exemplo, são extremamente eficientes na redução de custos. 

 

No caso da contabilidade, esse tipo de serviço pode ser realizado em menos de 30 dias, ou seja, manter um profissional apenas para essa função na sua empresa torna-se um gasto desnecessário, uma vez que ele ficaria ocioso durante um período considerável do mês.

 

Quanto aos serviços jurídicos, a terceirização também é eficiente por conta da especialização. 

 

Como essa área é muito ampla, manter mais de um profissional jurídico é muito caro e desnecessário, sendo muito mais eficaz a terceirização sob demanda de uma determinada área específica. 

 

Além disso, essas atividades podem ser realizadas fora de sua empresa e os custos de acomodação e alocação desses funcionários em sua sede são desnecessários.

2. Telefonia

O segundo corte para a redução de custos na sua empresa é o gasto com telefonia. Não estamos dizendo para cortar o sistema, mas sim, reduzir e otimizá-lo. 

 

  • Qual o estilo de operação da sua empresa? 
  • As ligações mais recorrentes são locais, interurbanas ou internacionais? 
  • São destinadas a aparelhos fixos ou móveis? 
  • Quais são os valores dos contratos de telefonia da empresa?

 

Com esses dados em mãos, faça orçamentos de planos voltados para as suas maiores necessidades e diminua consideravelmente os gastos com telefonia.

 

Quer uma dica ainda melhor? Invista na telefonia Voip

 

Essa tecnologia converte sinais de áudio analógicos em dados digitais que podem ser enviados via internet. 

 

Capaz de realizar ligações de um computador para outro ou de um computador para um telefone e vice-versa, esse serviço está cada dia mais popularizado e acessível com a disseminação da internet — e pode fazer, inclusive, alguns tipos de ligações gratuitas.

 

Com o Voip, a redução de custos com telefonia é visível na empresa. 

3. Regime tributário

O terceiro corte que você pode considerar para a redução de custos é o regime tributário do seu negócio. 

 

Os regimes de Lucro Real, Simples Nacional e Lucro Presumido possuem créditos, deduções e alíquotas diferentes que podem variar muito de uma empresa para outra.

 

Estar enquadrado no tipo de regime certo para seu perfil de organização é essencial no processo de minimização de custos e, consequentemente, maximização de lucros.

 

Por isso, fale com o seu contador e veja se a sua empresa está enquadrada de forma correta ou se poderia se enquadrar em um regime tributário mais suave. 

4. Investimentos também fazem parte da redução de custos

Fazer os investimentos certos na empresa pode contribuir muito para a redução de custos. 

 

Algumas vezes, a chave para poupar pode ser investir — pode acreditar. Se as máquinas e equipamentos da sua empresa estão defasadas ou lentas demais, elas podem estar gerando gastos extras com manutenção, energia, desperdícios na produção ou até mesmo horas extras dos funcionários. 

 

O investimento em equipamentos novos e mais eficientes pode representar uma economia no futuro — mesmo que para isso seja necessário um gasto imediato. 

 

Desde que de forma bem planejada, não tenha medo de contrair uma pequena dívida para investir. Certifique-se apenas de estar bem atento às taxas e condições do empréstimo e atente-se para ofertas de crédito que parecem atraentes demais, pois juros menores nem sempre representam um custo total de operação menor.

5. Estoque ineficiente 

Não tenha muitos produtos com baixa rotatividade estocados. Mesmo que não seja um custo explícito, estocar por tempo demais pode sair muito caro. 

 

Além do custo de armazenamento, produtos estragam, ficam ultrapassados com o tempo e perdem seu valor de venda. Calcule a quantidade demandada de seus produtos e faça um estoque eficiente baseado nessas informações.

Gostou das dicas de redução de custos? Então você também vai gostar do próximo post: 6 estratégias para aumentar as vendas de forma eficiente.

Confira 3 dicas para diminuir gastos com ligações
3 Dicas para economizar nas ligações para celular em sua empresa

Junte-se a mais de 5000 empresas e receba
nossas dicas exclusivas por e-mail.

Digite seu e-mail abaixo e receba gratuitamente nossas dicas e conteúdos.