Machine Learning e Inteligência Artificial: como essas tecnologias impactam a comunicação das empresas

Machine learning e Inteligencia artificial

Hoje vamos falar sobre duas grandes tecnologias que vêm impactando a rotina das empresas: Machine Learning e Inteligência Artificial.

Mesmo que você ainda não conheça a fundo do que se trata essas duas ferramentas, saiba que elas já fazem parte da nossa rotina, tanto como pessoas físicas quanto pessoas jurídicas. E o melhor: se bem utilizadas, elas realmente otimizam a comunicação e o atendimento ao cliente.

Portanto, chegou a hora de você entender como funcionam na prática as tecnologias Machine Learning e Inteligência Artificial.

O que são Machine Learning e Inteligência Artificial?

Ao contrário do que algumas pessoas acreditam, os conceitos de Machine Learning e Inteligência Artificial são diferentes.

A Inteligência Artificial (AI) é um ramo da ciência da computação que tem o objetivo de simular uma capacidade de tomada de decisão e de raciocínio de um cérebro humano por meio de um robô (ou computador, software, máquina, etc.).

Os chatbots são exemplos de inteligência artificial, já que eles simulam um atendimento e conseguem interagir em tempo real com pessoas por meio de mensagens automáticas pré-definidas. 

Enquanto na Inteligência Artificial as regras para a comunicação da máquina são programadas para se esperar os resultados, no Machine Learning é diferente.

Na tecnologia do Machine Learning (Aprendizado de Máquina), a própria máquina aprende as regras de forma autônoma a partir de dados. 

Ou seja, a forma de ensinar as máquinas a decodificar informações mais complexas de maneira independente é feito por meio de algoritmos programados e da análise de dados. As máquinas, então, aprendem por meio de experiência com dados anteriores.

Quer um exemplo de Machine Learning? O aplicativo Waze, que coleta informações em tempo real sobre o trânsito e oferece rotas alternativas para diminuir o tempo do usuário nele. 

Aquelas sugestões de amigos nas redes sociais também são exemplos de aprendizado de máquina, assim como a recomendação de produtos em sites de e-commerce, com base em seu histórico de compras e pesquisa. 

Como Machine Learning e Inteligência Artificial auxiliam no atendimento das empresas?

A comunicação das empresas tem se beneficiado muito com o uso de Machine Learning e Inteligência Artificial, já que essas ferramentas trazem a possibilidade de um atendimento mais automatizado – e também personalizado – ao cliente. 

Vejamos alguns benefícios práticos:

Machine Learning e Inteligência Artificial personalizam o atendimento ao cliente

Mais especificamente falando sobre Machine Learning, ele permite que a empresa conheça melhor seus clientes por meio dos próprios dados sobre eles que são gerados. 

Dessa forma, consegue-se identificar com mais precisão quais são as preferências e as necessidade, para que o time de vendas e marketing ofereçam anúncios e ofertas mais personalizadas – o que aumentam as chances de fechar negócio, já que aumenta também a experiência do cliente. 

Aliás, a própria Inteligência Artificial também vem se modernizando e possibilitando que os chatbots fiquem mais independentes e saiam do campo das respostas automáticas e frias – mas, nesse caso, essa tecnologia continua sendo previamente programada. 

Machine Learning reduz o volume de chamadas do setor de atendimento e suporte

Uma boa vantagem do Machine Learning é a possibilidade do sistema gerar respostas rápidas a certas solicitações antes que um atendente humano possa verificar.

Na prática, por exemplo, o sistema detecta o tipo de incidente e envia um conjunto de mensagens ao suporte da empresa ou, ainda, por mensagens de e-mail – tudo isso de forma automática, sem a necessidade de intervenção de um suporte humano. 

Machine Learning e Inteligência Artificial contribuem para o aumento das vendas

Ainda focando em Machine Learning, o sistema pode informar à equipe de atendimento sobre possíveis oportunidades para vendas ao analisar a interação com o cliente. 

Nesse sentido, essa análise de dados consegue identificar até mesmo qual produto ou serviço o cliente pode precisar, já que a máquina faz essa análise com base no histórico de compras anteriores – algumas farmácias já usam esse sistema, por exemplo, ao enviar mensagens SMS aos clientes avisando que está na hora de comprar novamente o medicamento.

A Inteligência Artificial aumenta a produtividade da equipe de atendimento

Como dissemos no início do post, os chatbots são ótimos exemplos de como a Inteligência Artificial pode otimizar o trabalho da equipe de atendimento ao cliente.

Isso porque em tempos digitais, os usuários já estão acostumados a serem respondidos com a máxima agilidade nos aplicativos de mensagens – e eles esperam a mesma agilidade no atendimento das empresas.

Nesse caso, é possível programar respostas às dúvidas mais simples no sistema, deixando os atendentes humanos livres para resolverem demandas mais complexas, seja pelo próprio chat ou via Voip

E então? Qual é a sua opinião sobre o uso de Machine Learning e Inteligência Artificial na rotina da empresa?

Aproveite e entenda sobre outra tecnologia que também está otimizando o atendimento e fazendo com que a empresa economiza: a telefonia em nuvem

Comunicação empática: como utilizar esse conceito em negociações
Liderança para vendas: por que um mentor é importante para os resultados da empresa?

Junte-se a mais de 5000 empresas e receba
nossas dicas exclusivas por e-mail.

Digite seu e-mail abaixo e receba gratuitamente nossas dicas e conteúdos.