Gestão financeira na crise: como sair do vermelho

Gestão financeira na crise: dicas essenciais para sua empresa sair do vermelho

 

A gestão financeira na crise precisa ser ainda mais reforçada nas empresas. Afinal, se estamos falando de eventos econômicos negativos, significa que de uma forma ou de outra, a renda de parte da população pode ficar comprometida por um tempo.

 

Por isso, é importante arregaçar as mangas e partir para um plano de ação que tenha pelo menos dois objetivos:

 

 

Saiba que mesmo em meio à atual crise que estamos atravessando por conta da pandemia de Covid-19, ainda assim várias empresas estão se reinventando e colocando em prática várias medidas para sair do vermelho.

 

Confira algumas dicas essenciais no post de hoje.

1. Antes de tudo, analise o cenário 

Analisar o cenário micro e macroeconômicos ajudam a ter uma dimensão melhor de como a sua empresa está posicionada no momento em que a crise acontece e quais elementos são positivos e negativos para o negócio.

 

Na prática, a matriz SWOT é uma ferramenta importante para ajudar nessa avaliação e na tomada de decisões, já que é possível fazer um levantamento interno e externo das forças, fraquezas, oportunidades e ameaças que a empresa corre em meio à crise.

 

2. Avalie os atuais recursos/custos que a empresa tem 

Calcule todas as despesas fixas e variáveis da empresa e também uma estimativa de faturamento durante a crise. 

 

Com isso, ficará mais fácil saber tomar decisões orientadas a renegociar valores e prazos com fornecedores e também estipular novas metas de vendas – metas dentro da realidade de uma gestão financeira na crise. 

 

Caso a empresa tenha dívidas, avalie a possibilidade de renegociar valores, juros e prazos de pagamento. Dessa maneira, o negócio não precisará dispor do capital de giro e/ou do dinheiro de eventuais emergências enquanto passa pela crise. 

 

Leia também: 5 técnicas de cobrança por telefone

3. Estude como aumentar o faturamento da empresa

A crise é, de fato, desafiadora, mas nem por isso deve ser desanimadora. Afinal, ela faz parte de toda a vida dos empreendedores, independentemente do tamanho da empresa e do tempo de atividade.

 

Portanto, também faz parte da gestão financeira na crise a criação de estratégias para estimular as vendas, tais como:

 

  • aumentar o mix de produtos e serviços;
  • realizar promoções para girar o estoque;
  • personalizar ofertas;
  • diversificar formas de pagamento. 

 

Nessas horas, a prática do cross selling e do up selling também ajudam a aumentar o ticket médio de vendas dos produtos e serviços. 

4. Invista em marketing 

Na crise, muitas empresas decidem cortar os investimentos em marketing, mas é o justamente o contrário que precisa ser feito. Afinal, o marketing é um conjunto de estratégias que atraem o público-alvo até sua empresa. 

 

Ou seja, o marketing é o que vai fazer com que os seus potenciais clientes cheguem até você – e não ao seu concorrente. 

 

Por isso, vale a pena criar várias estratégias digitais e também locais, de forma segmentada, para atrair as pessoas certas. 

 

Saiba mais: Marketing para pequenas empresas: 6 dicas para dar o pontapé inicial

5. Fortaleça o atendimento ao cliente (mas utilize ferramentas mais econômicas)

Para uma gestão financeira na crise, sair do vermelho também significa fortalecer a comunicação com seus clientes. 

 

Somente ouvindo o que eles têm a dizer fica mais claro de entender o momento em que estão e descobrir os motivos de queda nas vendas e também as oportunidades para a retomada do crescimento.

 

Por isso, já que será preciso ampliar o atendimento ao cliente, é importante investir em ferramentas econômicas para não desequilibrar as contas.

 

Na prática, a tecnologia Voip ajuda muito a sua empresa a economizar até 60% na conta de telefone, sem falar nos recursos profissionais proporcionados pelo PABX em nuvem – como o gerenciamento de toda a telefonia da empresa.

 

 

Quer saber mais sobre como a tecnologia Voip é fundamental para a sua gestão financeira na crise? Então conheça 5 sinais de que está na hora de investir nessa ferramenta

 

Juntos, vamos vencer esta crise!

Home office e Voip: por que adotar essa tecnologia?
Voip: como ele ajuda a economizar durante a pandemia

Junte-se a mais de 5000 empresas e receba
nossas dicas exclusivas por e-mail.

Digite seu e-mail abaixo e receba gratuitamente nossas dicas e conteúdos.