Empreendedorismo: 9 fatos que ninguém te conta sobre ser um empresário

empreendedorismo

Empreendedorismo em um país com altas taxas de juros e passando por uma crise econômica é um verdadeiro desafio.Nesse caso, não é segredo para ninguém que é preciso muita persistência e coragem para abrir e manter um negócio no Brasil.

E muitas pessoas acreditam que a vida de um empresário se baseia compromissos sociais, viagens e festas – aliás, isso pode, sim, fazer parte de uma rotina empresarial, dependendo do ramo em que você atua. Mas, nos bastidores, existe um trabalho duro e que ultrapassa – e muito – as 44 horas semanais de um emprego formal.

Portanto, se você pensa em mergulhar no mundo do empreendedorismo, prepare-se: será uma jornada mais que interessante e desafiadora.

Para isso, planejamento é essencial para você prever os obstáculos que precisará enfrentar e conseguir contorná-los para permanecer na disputa pela preferência do cliente.

Confira abaixo, 9 fatos que não lhe contaram sobre empreendedorismo no Brasil

Fato 1: É preciso aprender a gostar de números

Para estar à frente de um negócio, independentemente do seu tamanho, é preciso aprender conhecimentos básicos, práticos e específicos para alcançar o sucesso.

Por mais que seja necessário ter um espírito de liderança e um bom senso para as tomadas de decisões, além de outras características específicas e essenciais a cada ramo, uma coisa é certa: um empresário de verdade não consegue fugir dos números ao longo de sua vida, tais como:

  • Metas para elaborar;
  • Fluxo de caixa;
  • Margem de lucro;
  • Despesas fixas e esporádicas;
  • Investimentos a serem feitos;
  • Controle de estoque;
  • Precificação.

Os números, portanto, são os grandes medidores de desempenho de uma organização. Mesmo que todas essas operações sejam delegadas a um colaborador, é imprescindível que você conheça bem os números do seu negócio para conseguir avaliar os resultados, fazendo uma boa leitura dos valores finais encontrados.

Fato 2: Noites em claro não são tão incomuns

Se você é empresário e está em busca de crescer em seu ramo no mercado regional e até nacional, provavelmente passará algumas noites em claro.

Isso porque quanto mais a empresa cresce, mais crescem as responsabilidades – e as horas extras que precisam ser dedicadas ao negócio. E essa é uma das coisas que ninguém te conta sobre o empreendedorismo.

Este, portanto, é um dos grandes desafios de se liderar um negócio: conseguir equilibrar o trabalho e as demais atividades da vida pessoal. Mas, calma: esse equilíbrio vem com o tempo e com a persistência – e, mais uma vez, ter objetivos e metas claras ajudam a tornar esse processo menos penoso.

Fato 3: Gerenciar pessoas é mais difícil do que você imagina

Uma das tarefas mais desafiadoras do empreendedorismo é, certamente, gerenciar pessoas.

Esta é uma tarefa difícil e igualmente importante para qualquer negócio, e sabemos que nem tudo o que os livros de técnicas interpessoais ensinam é simples de ser colocado em prática, não é mesmo?

Mas uma coisa é primordial: um bom empresário precisa também ser um bom exemplo de líder para, assim, cativar seus funcionários antes de coordená-los para os trabalhos desejados.

Além disso, uma das chaves do sucesso é saber ouvir opiniões, queixas e feedbacks, pois só assim é possível encontrar soluções para os problemas corriqueiros, melhorar as formas de tratamento e promover ações que motivem os funcionários que, afinal de contas, são o cartão de visitas da organização.

Fato 4: Em certos momentos, o empresário pode ter medo de lidar com questões do negócio

O medo faz parte da rotina de um empresário; afinal de contas, o mercado muda rápido demais e as inovações são constantes e avassaladoras para alguns empreendimentos que não estão devidamente preparados.

Sendo assim, o medo serve como um cauteloso lembrete de que, por mais que as coisas estejam indo bem no negócio, tudo pode mudar a qualquer momento, abalando a estrutura que, hoje, se encontra extremamente firme e consolidada.

Nesse caso, é importante transformar o medo em um aliado, investindo em um bom plano de gerenciamento de crises, para que os efeitos de qualquer mudança brusca sejam minimizados ou completamente resolvidos.

Fato 5: Resolver problemas é algo diário

Você já deve ter ouvido a expressão “matar um leão por dia”; porém, é provável que não faça ideia do quanto essa pequena frase, realmente, traduz o dia a dia de um empresário!

Todos os dias existirão problemas e/ou decisões a serem resolvidos na empresa e eles são oriundos das mais diversas situações:

  • Um fornecedor que atrasa a entrega de um produto importante;
  • Um desagrado com seu cliente que, por algum motivo, não ficou satisfeito com seu atendimento;
  • Um equipamento que deu defeito e gerou afetou a produtividade da equipe;
  • Um funcionário que está pedindo demissão em um momento nada favorável;
  • Os custos de materiais importantes para o funcionamento do empreendimento subiram muito de valor e será preciso renegociar;
  • A temporada de vendas está fraca e é preciso encontrar maneiras de honrar os compromissos financeiros.

Apesar das dificuldades encontradas pelo caminho do empreendedorismo, o importante mesmo é a determinação, a garra e a coragem para sair em busca de superar os obstáculos e seguir em frente.

No empreendedorismo, os problemas precisam se transformar em combustível para continuar na luta, pois com determinação, eles podem virar novas oportunidades para o crescimento tanto do líder quanto dos negócios.

Por isso, atente-se aos problemas e aprenda com eles.

Fato 6: A concorrência é grande e pode ser desleal

Que o mercado é acirrado e competitivo você já sabe, não é mesmo? Mas será que você esperava por uma concorrência tão grande – e até desleal, em alguns casos – vinda de seus concorrentes?

Provavelmente não, assim como a maioria das pessoas que estão iniciando no mundo do empreendedorismo.

A verdade é que as concorrentes investem pesado para ganhar mais clientes e, com isso, terem maiores lucros. E está tudo bem. Empresas existem para isso mesmo.

Mas, então, como ser empresário numa realidade como esta?

É muito importante abusar da criatividade, pensar fora da caixa e demonstrar que cliente fiel volta sempre porque gosta do produto, do serviço, do atendimento, de tudo!

É importante investir, portanto, na construção de uma marca de boa reputação. O retorno pode vir em médio e longo prazo, mas é importante persistir nessa tarefa.

Ganhe seus clientes através de atitudes honestas, fazendo uso da simpatia e da qualidade de atendimento e do produto. Afinal, nada melhor do que rebater a concorrência oferecendo o que há de melhor, com preço ideal e justo, e um atendimento de encanto para cada consumidor que fizer contato com você.

Fato 7: Você pode ter que lidar com fraudes

Uma coisa bem desagradável de imaginar, porém, comum de acontecer é que a empresa, durante sua trajetória, possa sofrer algum tipo de fraude.

Quer um exemplo? A mídia já divulgou muitos casos assim e um dos mais famosos é, provavelmente, o do rato supostamente encontrado em uma garrafa de Coca-Cola, ocorrido há alguns anos. Depois de todo o estardalhaço na imagem da empresa, ficou provado que o fato era inverídico.

A sabotagem visa, exclusivamente, manchar o nome da empresa, diminuir a credibilidade da marca e criar um sentimento de medo no consumidor antes que ele adquirira o produto. A ocorrência da fraude é totalmente desvantajosa para o negócio, que perde muito no mercado.

Por isso, é imprescindível que, em linhas de produção, o produto seja sempre verificado pelo setor de qualidade! Este simples detalhe poderá evitar muitas dores de cabeça. Mas, é claro, este setor deve estar alinhado com os princípios da empresa para que a checagem funcione em absoluto.

É importante que o empresário esteja sempre atento, conferindo tudo que diz respeito aos seus negócios para não ser passado para trás. As fraudes podem ocorrer em todos os setores, e, portanto, um plano de gerenciamento de crises mais uma vez pode minimizar as consequências.

Fato 8: É preciso estar em dia com as leis trabalhistas e o Código de Defesa do Consumidor

Uma coisa que ninguém te conta e que, geralmente, você não se prepara para enfrentar na vida do empreendedorismo é um processo na justiça.

Hoje em dia, com tantas leis e direitos, é preciso se resguardar de todas as formas para não passar por uma situação dessas, mesmo que você esteja sempre atento e dentro das normas.

E no mercado, os processos judiciais mais comuns de serem enfrentados por uma empresa são baseados em duas leis: Direito do Trabalho e Direito do Consumidor.

Para evitar que esse tipo de processo alcance seu negócio, é importante cativar seus funcionários e clientes, dando-lhes a devida importância que cada um merece e se atentando quanto aos direitos e deveres que lhes cabem.

Na dúvida, é importante investir em consultorias jurídicas para tirar dúvidas e sempre andar prevenido e em dia com as leis que regem o país.

Fato 9: A burocracia será a sua companhia

Por fim, mais um fato que ninguém te conta sobre o empreendedorismo é que a burocracia estará sempre lhe acompanhando como parte constante de seus afazeres diários.

Por mais que você crie uma empresa na área de artes, por exemplo, precisará lidar com toda a papelada que um negócio exige.

Muitos trâmites requerem contratos, assinaturas, registros, certidões, notas e visitas ao cartório, pois tudo tem que ficar registrado para garantir que a empresa está agindo dentro da lei.

Uma solução é investir em automatização de processos para que toda essa burocracia seja acompanhada em tempo real – como, por exemplo, o acompanhamento de contratos, gerando alertas quando precisarem de renovação – para que a produtividade da equipe não fique prejudicada.

Conclusão: como ter sucesso no empreendedorismo?

Toda pessoa que decide empreender decide, também, alcançar o sucesso em suas ações, já que ele é a comprovação final de que o profissional está no caminho certo.

Para se manter no mercado atual é preciso cuidado para que nenhum desses fatores negativos prejudiquem seu negócio; além disso, é necessário, também, ter muito empenho e dedicação para fazer com que a empresa cresça.

As ações tomadas, dia após dia, devem ser pensadas como vantagens competitivas e possíveis diferenciais que agradem ao seu público e satisfaçam as necessidades básicas da empresa ao mesmo tempo.

Existem dicas e passos importantes para os profissionais que decidem alcançar bons resultados no empreendedorismo – como, por exemplo, conhecer 10 principais dicas para ser um empresário de sucesso. Bons negócios e até a próxima!

Treinamento de equipe: como planejar um programa de capacitação de resultado para PMEs
O que a gestão financeira e a gestão de telefonia têm em comum?

Junte-se a mais de 5000 empresas e receba
nossas dicas exclusivas por e-mail.

Digite seu e-mail abaixo e receba gratuitamente nossas dicas e conteúdos.